sábado, 26 de dezembro de 2015

Serei Crente?

(...) Serei  Crente? Resolvi a questão do céu através de uma evidência: entre todos aqueles que se entretêm a falar sobre a minha condição - grupos de anjos, de deuses, de diabos ou de livros -, soube, muito jovem, que eu era o único a conhecer a dor, a obrigação da morte, do trabalho e da doença. Sou o único a pagar a as facturas de eletricidade e a ser comido pelos vermes no fim. Portanto, rua! Para começar ,detesto as religiões e  a submissão. (...)

Kamel Daoud in Meursault, contra-investigação.
Pag 66, 44ed. Teodolito.